Como enfrentar a crise

Como enfrentar a crise: 5 razões para escolher o e-commerce

Como enfrentar a criseBasta abrir as páginas dos portais de notícias que fica cada vez mais nítida a grande instabilidade política e econômica vivida pelo Brasil, impactando consideravelmente o mercado de vários segmentos. No entanto existem alguns setores que continuam faturando e um dele é o e-commerce.

De acordo com o WebShoppers, relatório anual divulgado pelo E-Bit, o faturamento do setor em 2015 chegou a R$ 41,3 bilhões e sua média de crescimento anual desde 2011 é aproximadamente de 20%, um número otimista que ilustra claramente a boa sucessão do setor.

Independente de crise, é sempre indispensável entender as novas tendências do mercado e os resultados apresentados para que você possa tomar decisões de forma assertiva em seu negócio. Mas o que isso quer dizer? Isso quer dizer que agora você já sabe como enfrentar a crise, adotando o e-commerce em seu negócio. Para ficar mais claro separamos algumas razões pelas quais você deveria seguir este caminho:

1 – Ter uma loja virtual é fácil e acessível

A implantação de uma loja virtual há alguns anos atrás era um grande desafio para as empresas. Porém as coisas mudaram! Atualmente existem diversas empresas que prestam serviços de criação de loja virtual e algumas delas se preocupam um pouco mais com o processo, cuidando da implantação até o suporte e manutenção. Como enfrentar a crise: devido à grande concorrência, os valores praticados para estes serviços se tornaram mais acessíveis e demanda uma curva de aprendizagem cada vez menor. Mas antes de tudo saiba como escolher a plataforma de e-commerce, pois isso pode ser determinante para o sucesso da sua operação.

2 – Otimização de produtividade

Em tempos de mercado aquecido e boas vendas é comum não haver grande preocupação em relação à otimização de processos, embora este desleixo custe dinheiro. Em tempos de crise, essa falta pode representar um agravante para a longevidade do negócio. Como enfrentar a crise: neste caso, o e-commerce entra como uma forma de aumentar a produtividade. É como se sua empresa estivesse abrindo uma filial com funcionamento 24/7 e sem a necessidade de contratar vendedores. Aliás, inicialmente você vai precisar pelo menos de um gerente para cuidar dos pedidos e da logística, para que nada aconteça fora do planejado.

3 – Chega de cliente chato! Chega de vendedor chato!

Essa polêmica é bem antiga! O consumidor normalmente quer ver os produtos com calma, tirar dúvidas, pensar, analisar, experimentar, pensar mais um pouco para só então finalizar a compra. Entretanto, alguns perfis de consumidores sentem-se inibidos pela atuação de vendedores que podem deixá-los não muito à vontade e consequentemente o processo de consideração da compra pode ser prejudicado. Por isso é tão importante entender o comportamento do consumidor e como isso impacta nas suas vendas. Como enfrentar a crise: ao comprar pela internet, o consumidor tem todo o tempo do mundo para se decidir e ainda consegue fazer comparações entre produtos para ter uma melhor noção de custo-benefício.

4 – Marketing digital mais efetivo

Estratégias de marketing bem realizadas geram bons resultados. Entender as necessidades do seu público-alvo e trabalhar em função delas é determinante para se ter um negócio de sucesso. Como enfrentar a crise: quando o negócio é digital, algumas estratégias de marketing são melhores aplicadas e apresentam grande efetividade pois a loja virtual pode ser acessada de qualquer lugar, por qualquer pessoa e a compra pode ser realizada a qualquer momento. Toda esta flexibilidade torna o processo de aquisição mais rápido. Mas lembre-se que antes de qualquer coisa, seu negócio precisa ter uma estratégia de vendas bem planejada.

5 – Fidelização potencializada

Os consumidores que gostam de um produto ou serviço prestado tendem a repetir a experiência de compra. Para isso é importante entender bem o comportamento do consumidor e ter um cuidado especial com ele com o seu cliente, afinal você quer (e precisa) que ele volte e compre outras vezes. Melhor que isso, você quer que ele indique sua empresa a todos os amigos e familiares. Como enfrentar a crise: saiba que na internet esse cenário é ainda mais propício, pois para voltar à loja é fácil, basta acessar um link e para indicar bastam alguns cliques e sua empresa estará espalhada pelas redes sociais.

Enfim, seja criativo para identificar como enfrentar a crise

Pense fora da caixa. Aliás, aumente a caixa! Aumente os canais. Se você tem um negócio físico que tem capacidade para atender 100 clientes por dia, com o e-commerce você pode elevar esse número ao infinito, pois não há limitação de atendimento nem horário de funcionamento. Além disso você terá a flexibilidade de criar diversos tipos de campanhas promocionais, como “pague dois e leve três”, cupons de desconto, sorteios, frete grátis. Mas não se esqueça de fazer com que as ofertas cheguem aos ouvidos da massa.

Agora que você já sabe quais são as grandes vantagens de ter uma loja virtual, não tem porque ter medo. Se você está trabalhando para encontrar maneiras de como enfrentar a crise, o e-commerce é, sem dúvidas, umas das melhores alternativas da atualidade!

Sobre o autor

A JN2 e-commerce expert, com mais de 10 anos de experiência em e-commerce Magento, tem a missão de ajudar empreendedores a ter um negócio online, oferecendo não só a criação da loja virtual, mas também Suporte Técnico, atendimento de Sucesso do Cliente e consultoria para Otimização de Vendas.