Análise de Mercado

Análise de mercado – Como realizar

Análise de MercadoRealizar uma análise de mercado é uma tarefa fundamental para a sobrevivência e o crescimento de toda empresa. Isso porque o mercado está em constante mudança (novos concorrentes surgem frequentemente, produtos e serviços são lançados e revisados, promoções são apresentadas, tendências surgem e certezas desaparecem) e é preciso ter conhecimento do que está acontecendo para tomar as ações mais apropriadas.

Analisar o mercado, portanto, não é uma atividade supérflua. Ao contrário, desconhecer os movimentos do mercado pode resultar em riscos para a empresa e na perda de oportunidades de negócios.

Decidido por realizar esse trabalho, é preciso então definir o escopo: o que será contemplado? Qual a abrangência geográfica? Quem e o que deve ser investigado? O que precisa ser confirmado? O que precisa ser descoberto?
As perguntas podem ser muitas, mas é preciso definir o foco para não desenvolver um trabalho amplo demais e ter, posteriormente, dificuldade em tornar as informações em ações e para não gastar tempo e recurso com estudos desnecessários. Daí a importância da experiência na realização desse trabalho.

Benefícios da análise mercadológica

No artigo “Análise de mercado para pequenas empresas vale a pena?” já exploramos o que uma análise de mercado pode contemplar. Agora, por que realizar uma análise de mercado? Quais são os seus benefícios?

De maneira objetiva, podemos mencionar 2 principais vantagens de uma análise mercadológica:

  1. Aumento do conhecimento da empresa sobre o mercado em que atua (concorrentes, clientes e consumidores, fornecedores e parceiros, tendências, e outros);
  2. Melhora do embasamento para a tomada de decisões.

O simples fato de uma empresa conhecer melhor o seu mercado a torna mais competitiva. Há muitas empresas que desconhecem o seu mercado ou possuem uma visão limitada ou desatualizada, apesar de julgarem-na ampla e atual.
E ao realizar esse estudo do mercado, não há a necessidade de incluir todos os stakeholders em uma única análise, apesar da relação entre eles, pois isso pode tornar o trabalho mais complexo e demanda mais recursos e investimentos. É possível, por exemplo, pesquisar e ponderar inicialmente somente sobre os concorrentes, para que sua empresa os conheça melhor e faça os ajustes necessários para ser mais competitiva; em outro momento, uma análise das tendências pode ser realizada, para que sua empresa identifique oportunidades de negócios em meio às muitas novidades que estão surgindo e saia na frente em seu mercado, se destacando.

E com isso, as decisões da empresa não serão mais baseadas apenas em opiniões ou experiências passadas – ainda que isso seja também importante e deve ser levado em consideração. Serão estudos, dados e informações que darão base para decisões mais sólidas e com maior chance de sucesso.

Análise de mercado pontual ou constante?

Outra decisão importante quando se fala de examinar o mercado é a frequência com que isso será feito. Uma empresa pode optar por aprofundar o seu conhecimento sobre o mercado de maneira pontual (trimestralmente, semestralmente, anualmente, ou conforme a necessidade) ou de maneira constante, através de um monitoramento do mercado.

A escolha da melhor opção depende de diversos fatores:

  • Mercado de atuação: há setores da economia que continuamente apresentam mudanças e novidades, e empresas que atuam nesses setores podem demandar um monitoramento contínuo do mercado, enquanto empresas que atuam em setores mais estáveis, podem realizar análises com intervalos maiores.
  • Capacidade de investimento: a complexidade, a amplitude, o escopo, a frequência, e diversos outros fatores podem influenciar no preço de uma análise de mercado, seja ela pontual ou constante. A empresa pode escolher conforme a sua disponibilidade de investimento nessa área.
  • Perspectivas futuras: em alguns casos realizar um estudo mercadológico pode ser mais urgente do que em outros, devido àquilo que a empresa está enxergando ou buscando para o futuro.
  • E outros.

Aqui na Intelliplan nós realizamos tanto estudos pontuais, através da nossa área de Inteligência de Mercado, como o monitoramento do mercado através do nosso serviço ADI-Mercado.

Veja este vídeo de apresentação do ADI-Mercado:

Analisar internamente ou com ajuda externa

Por fim, mas não menos importante – ao contrário, de suma importância – é necessário decidir sobre quem executará a análise de mercado.

Muitas empresas têm condições de realizá-la internamente por já possuírem profissionais especializados. Porém, a realidade das micro, pequenas e médias empresas, em sua maioria, é um volume de trabalho tão intenso em todos os departamentos que não haveria uma dedicação para a realização dessa atividade e há ainda a falta de conhecimento e experiência.

Surge então a possibilidade de contratação de uma consultoria empresarial.

Contratar uma consultoria para realizar a análise de mercado não apenas torna o trabalho viável como traz para dentro da empresa o conhecimento e a experiência dos consultores.

Independente da forma de realização – se interna ou externamente – o importante é a empresa compreender a importância de analisar o mercado e não procrastinar essa ação. Oportunidades podem estar sendo perdidas e a empresa pode estar correndo riscos que desconhece.